Terapia de Bowen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Terapia de Bowen

Mensagem por Palavra de Condão em Qua Jul 09, 2008 3:55 am

O que é?

Recentemente incluída na lista de terapias manuais, o Bowen é uma das técnicas mais delicadas dentro das que foram catalogadas até hoje.Consistindo num tratamento de superfície, mas com efeitos muito profundos ao nível do sistema nervoso simpático, o Bowen produz uma sensação profunda de relaxamento e bem estar, promovendo um rápido e duradouro alívio da dor.Seguindo uma série determinada de manipulações muito simples e muito precisas, o terapeuta Bowen efectua movimentos muito suaves, sobre locais específicos - músculos, tendões, fascia ou ligamentos - que levam ao reequilíbrio do organismo e, consequentemente, ao processo de auto-cura. O terapeuta é sensível à tensão presente no tecido. Ou seja, não se realizam ajustamentos estruturais ou mecânicos, nem manipulações forçosas. O terapeuta consegue discernir stress acumulado nos músculos e tendões, permitindo dessa forma executar movimentos Bowen específicos que conduzem à recuperação. É uma técnica indolor e não invasiva.Os resultados podem ser notáveis logo após o primeiro tratamento. Muitas vezes são necessárias apenas algumas sessões para curar o problema apresentado.Esta é uma das razões por que a técnica de Bowen é tão popular.

O que não é?

Muitas vezes é mais fácil de explicar a Terapia de Bowen dizendo claramente o que ela não é:
A Terapia de Bowen não é uma técnica de diagnóstico, pois estas pretendem detectar/despistar doenças ou outras disfunções psicossomáticas. A técnica de Bowen pode ser, no entanto, utilizada como uma das técnicas complementares ao diagnóstico, funcionando como um catalizador para o bem estar geral do paciente.
A Terapia de Bowen não é uma massagem. A massagem é uma manipulação do doente que consiste no estímulo agradável da pele, através de fricção, percussão, vibração, pressão entre outros componentes. Na Terapia de Bowen os movimentos são feitos à superfície da pele, de forma muito delicada, em zonas específicas, nervos, tendões, fascia e a pressão utilizada é muito, muito suave. Uma das recomendações feitas aos pacientes após um tratamento de Bowen é nunca massajar, ou friccionar as áreas tocadas pelo terapeuta.
A Terapia de Bowen não é Acupunctura. A Acupunctura é uma técnica de origem chinesa de alívio da dor e de outras perturbações que consiste na introdução e mobilizações de agulhas em pontos específicos do corpo humano. Na Terapia de Bowen alguns movimentos localizam-se em pontos coincidentes com linhas e meridianos de Acupunctura mas o movimento de Bowen é feito com os dedos do terapeuta onde este apenas cruza a estrutura.
A Terapia de Bowen não é Quiroprática. A Quiroprática consiste em manipulações forçosas do aparelho músculo-esquelético, promovendo o rápido alívio da dor.
Na Terapia de Bowen não se realizam manipulações forçosas. No entanto, maioria dos terapeutas, e mesmo alguns doentes, notam algum movimento vertebral durante os tratamentos. Este facto deve-se ao realinhamento do próprio corpo, sintoma de que o tratamento está a fazer efeito.
A Terapia de Bowen não é uma terapia baseada em energias, que podem até ser intrusivas, uma vez que o terapeuta pode focar-se demasiado em atingir os resultados desejados, podendo estes coincidir, ou não, com as necessidades do doente. Na Terapia de Bowen, o terapeuta é treinado apenas para se focar em fazer o movimento específico consoante o problema do doente.
A Terapia de Bowen não é Fisioterapia. A fisioterapia consiste no tratamento de danos, defeitos físicos e de dor, através do exercício, calor, massagens, electroterapia e outras técnicas físicas. Na Terapia de Bowen, os movimentos vão provocar uma resposta a nível celular e consequentemente a nível físico. Este facto pode explicar por que nem todos os pacientes sentem os efeitos do tratamento imediatamente após o tratamento. Cada individuo responde a seu tempo dependendo apenas do tempo de resposta do seu próprio organismo, podendo este variar entre 1 a 6 tratamentos.
A Terapia de Bowen não é uma massagem Linfática. A massagem linfática é uma técnica que estimula, mecanicamente, o fluxo de linfa com pressão na superfície da pele, seguindo o curso do sistema linfático. Na técnica de Bowen alguns movimentos estimulam o sistema linfático e, consequentemente, o sistema imunitário, apenas com o toque dos dedos do terapeuta em específicos locais no corpo do paciente.

O tratamento

Inicialmente é efectuado um pequeno questionário acerca da história clínica do doente e da razão da sua visita. Esta conversa entre o terapeuta e o paciente serve para o terapeuta avaliar a quantidade de movimentos que o organismo do paciente poderá assimilar positivamente, se há algumas contra-indicações e quais os procedimentos a aplicar.Um Tratamento Bowen consiste numa série de movimentos muito suaves sobre locais específicos – músculos, tendões, fascia ou ligamentos. O paciente normalmente está deitado numa marquesa e, em situações muito específicas, pode estar sentado ou mesmo de pé. Uma sessão de tratamento dura entre 30 e 45 minutos e pode ser aplicado directamente na pele ou através de roupa leve.Os movimentos são normalmente aplicados em sequências precisas (em grupos de 2 a 8 movimentos) e entre cada sequência de movimentos existem pausas de cerca de dois minutos em que o terapeuta deixa o paciente relaxar.Estas pausas permitem ao organismo receber a informação, enviá-la ao sistema nervoso e iniciar o processo de cura. Geralmente, numa primeira sessão serão trabalhadas as zonas das costas, parte posterior da perna, ombros, pescoço, e joelhos. Movimentos adicionais poderão ser acrescentados nas áreas onde os sintomas estão localizados. Nas sessões seguintes serão acrescentados procedimentos diferentes. Muitas vezes os pacientes ficam perplexos com os poucos movimentos realmente necessários durante o tratamento e podem sair da primeira sessão com a sensação de ter poucas ou nenhumas melhoras. Não se preocupe, pois as reacções a esta terapia podem mascarar a sua aparência calma e evasiva. Idealmente cada sessão é espaçada de 7 dias, (não menos de 5 nem mais de 10 dias de intervalo). Normalmente são precisos entre dois a seis tratamentos para resolver o problema apresentado. Mesmo problemas muito antigos podem responder muito depressa aos tratamentos. Esta terapia não interfere com os cuidados médicos tradicionais. De facto, o input da técnica dirigido ao sistema nervoso é muito subtil e o corpo responde a seu tempo. Cada pessoa reage de maneira diferente a ritmos e níveis diferentes – cada individuo reagirá consoante o seu caso particular. O tratamento propícia uma corrente de mudanças benéficas e uma sensação de bem estar geral. Como em qualquer tratamento de desintoxicação, logo que o cérebro começa o processo de reparação são comuns os efeitos secundários de rigidez muscular e uma leve sensação de corpo dorido, bem como ligeiras dores de cabeça. É importante notar que é a reacção do organismo ao tratamento de Bowen, e não a técnica em si, que levam à cura. É recomendado aos pacientes que não utilizem outras terapias em simultâneo com a Terapia de Bowen, uma semana antes do primeiro tratamento e uma depois do fim do último. É totalmente desaconselhada a mistura de terapias uma vez que, embora a Terapia de Bowen não interfira com outras terapias, podem ser estas a interromper ou atrasar o processo de cura anulando a eficácia dos movimentos de Bowen. Uma vez terminada a sessão, o paciente recebe recomendações que, basicamente, o alertam para o facto de que se irá processar uma reorganização do organismo durante alguns dias. Nestes dias, é aconselhável não fazer demasiado esforços. É também aconselhado a andar diariamente 20 minutos e beber água em quantidade suficiente para limpar o sistema linfático e ajudar os músculos a obter o seu equilíbrio rapidamente. Os 3 A'sAndar Até há muito pouco tempo pensava-se que carregar pesos era a maior causa das dores nas costas, mas estudos efectuados recentemente indicam que estar sentado causa mais problemas. Estar sentado coloca muita pressão na zona lombar. Quanto mais tempo estamos sentados mais dores vamos ter, isto porque cerca de 40% do nosso peso é suportado pela zona lombar quando estamos sentados. O nosso corpo, e em particular a nossa coluna lombar, não foi desenhada para estar sentada numa cadeira por longos períodos de tempo. Andar é, na realidade, o melhor medicamento natural para as dores nas costas e muitos outros problemas físicos. Pode acelerar o processo de recuperação assim como muitos outros benefícios. Logo após uma sessão da Terapia de Bowen é aconselhável dar um passeio de 15 a 20 minutos para ajudar o seu corpo a vêr-se livre da dor. Água 50 % das pessoas estão cronicamente desidratadas. Estudos efectuados recentemente indicam que a maioria das dores são devido a desidratação crónica do organismo. Beber pelo menos 8 copos de água por dia ajuda:
*Hidratar o organismo;
*Perder e manter peso, já que ajuda a dissolver as gorduras ingeridas e favorece o bom funcionamento dos intestinos;
*Transporta nutrientes, vitaminas, minerais e entre outros elementos às células;
*Através da transpiração e sudação controla a temperatura;
*Elimina as toxinas através dos rins e da urina;
*Alivia a dor em todo o corpo;
*Lubrifica as articulações;
*Mantém o equilíbrio do nosso corpo.

Aguardar Após uma sessão da Terapia de Bowen, o paciente deve aguardar uma semana antes de receber a sessão seguinte desta terapia ou de qualquer outra modalidade (massagem, quiroprática, etc) para não interromper o processo de cura. Os movimentos de Bowen enviam sinais eléctricos aos seus músculos, sistema nervoso e cérebro, ajudando o organismo a restaurar o equilíbrio. Os efeitos de um tratamento vão, na realidade, continuar o seu trabalho durante o resto da semana e, possivelmente, durar até mais tempo. O paciente deve confiar na técnica de Bowen e saber aguardar que o seu organismo comece a reagir ao tratamento. Lembre-se: prevenir é melhor que remediar. Assim que mostrar sinais de melhoria, continuaremos a trabalhar consigo para manter a harmonia e o equilíbrio atingido. Um tratamento regular, dependendo da sua agenda, ajudará a prevenir a acumulação de stress futuro.

Para quem?

O tratamento de Bowen programa o corpo para se tratar a si próprio. O nosso organismo tem essa natural capacidade e o Bowen potencia exactamente essa função para estimular o organismo a dar prioridade de tratamento aos pontos em questão.É útil para todas as idades, desde recém-nascidos, grávidas, crianças, jovens, adultos e idosos. É também uma técnica eficaz em casos de lesões desportivas, uma vez que acelera o tempo de recuperação, independentemente se foi uma lesão recente ou não. Naturalmente, em caso de lesão, a consulta deverá ser feita logo após a mesma, de forma a que o corpo a possa tratar em vez de começar a compensá-la. A compensação causa, muitas vezes, mais problemas a longo prazo do que o traumatismo inicial em si.Mas também muitas pessoas que gozam de boa saúde fazem tratamentos de manutenção para manter um óptimo equilíbrio do seu organismo. A técnica de Bowen provoca um impacto positivo na sua saúde, promovendo maior energia e uma sensação fantástica de bem-estar. Alguns problemas em que a Terapia de Bowen o pode ajudar:

*Aceleração do tempo de restabelecimento logo após uma doença, cirurgia ou lesão, independentemente desta ter acontecido recentemente ou não.
*Melhora a circulação, movimento articular, postura, drenagem linfática, assimilação de nutrientes, eliminação de toxinas.
*Dores musculo-esqueléticas de forma aguda ou crónica, pós-traumáticas ou pos-cirúrgicas, ou de origem articular (perda de mobilidade ou espasmos musculares)
*Lesões desportivas (joelho, tornozelo, cotovelo, pulso, distensões musculares, luxações, entorces, etc.)
*Problemas de pescoço: torcicolos, consequências de um acidente ou má postura, restrição de mobilidade do pescoço (é de mencionar que não se realiza nenhuma mobilização do tipo quiroprático, e que em nenhum caso se move a cabeça do paciente)
*Problemas da bacia: dores na bacia, tensão em certos músculos da região pélvica e sacro)
*Problemas de costas: dores nos ombros e membros superiores, entumecimento dos braços, das mãos, restrição da mobilidade dos membros superiores, lesões ocasionadas por movimentos repetitivos
*Recém-nascidos: cólicas, problemas em dormir ou problemas de alimentação
*Crianças: enurese nocturna (xixi na cama)
*Dor no cóccix provocada por uma queda ou mesmo pelo parto
*Dores de cabeça originadas pelo stress e tensões, por má postura ou de origem digestiva
*Dores ou tensão nos maxilares
*Problemas de ouvidos
*Ciática
*Restabelecimento do sindroma de cansaço crónico e de fibro-mialgia
*Dores menstruais: ciclo irregular, sindroma pré-menstrual
*Irregularidades hormonais, menopausa, tiróide
*Problemas digestivos: prisão de ventre, diarreias, inflamação abdominal
*Problemas respiratórios: asma, alergias, bronquites
*Problemas do sistema urinário: retenção de líquidos, incontinência, infecções urinárias
*Problemas relacionados com os pés: dedos de martelo, joanetes, etc
*Má circulação
*Hérnias discais
*Depressões, ansiedade, stress
*Problemas de infertilidade
*Desconforto na gravidez (o peso adicional e o stress provocado pela própria gravidez podem causar mudanças posturais e consequentemente dores no corpo).
*Problemas de fígado
*Sensação de mal-estar geral

Palavra de Condão
Admin

Feminino
Número de Mensagens : 652
Idade : 36
Data de inscrição : 19/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terapia de Bowen (Continuação)

Mensagem por Palavra de Condão em Qua Jul 09, 2008 3:56 am

Como funciona?

Para olhares mais desatentos, a Terapia de Bowen parece ser apenas um conjunto de movimentos na pele (ou sobre roupa leve) em pontos muito específicos do corpo, provocando um estado de relaxamento profundo. Mas são estes pequenos movimentos que conseguem dar ao corpo as instruções necessárias para iniciar um processo de auto-cura. Estudos recentes demonstraram que os níveis profundos de relaxamento podem ter efeitos benéficos nos nossos sistemas imunitários e hormonais. Contudo, a Terapia de Bowen é também eficaz em casos de problemas musculo-esqueléticos como as dores lombares que acontecem quando se faz um esforço exagerado ao pegar em pesos, ou lesões desportivas tais como torcer um pé, magoar os músculos das pernas ou dos braços. Esta técnica baseia-se em alguns princípios nucleares que foram observados pelo seu criador. Tom Bowen reparou que o corpo mantém a sua estrutura devido à inter-relação de certos conjuntos-chave de músculos, através daquilo que se chama 'fascia '. Já deve ter reparado nas camadas brancas translúcidas quando corta a carne ao preparar o jantar. Estas camadas são fascia , pequenos 'lençóis' (e às vezes tubos) que cobrem qualquer estrutura no corpo e variam de espessura e densidade. Cobrindo todos os músculos, a fascia permite a flexibilidade e os movimentos entre as várias partes do corpo. Uma das razões pelas quais as fascia recebem tanta atenção por parte da Terapia de Bowen é porque são elas que têm um efeito profundo na nossa postura e, particularmente, na maneira em que posicionamos a nossa coluna vertebral. Olhando para a nossa coluna vertebral como um pilar de uma tenda e olhando para as fascia como as cordas que mantêm a coluna de pé, conseguimos perceber a quantidade de pressão a que as fascia estão sujeitas. Da mesma forma, conseguimos imaginar o efeito de uma pressão errada ou fraqueza de uma, ou mais, destas cordas no pilar da tenda. No nosso corpo, isto pode ter várias reacções: desde pressão nos nervos à saída da coluna vertebral, até à tensão nos músculos num dos lados do corpo, passando pelos padrões de compensação que o corpo elabora. O resultado é por demais evidente: dor. Ao contrário de algumas terapias complementares, que manipulam a coluna com o objectivo de restaurar o equilíbrio entre os vários ossos (para, por exemplo, libertar um nervo 'preso'), a Terapia de Bowen trata os músculos e as fascia que mantêm a coluna nessa particular posição. Ao alterar a relação entre músculo e fascia , torna-se inevitável uma alteração da estrutura, o que, como resultado, vai obrigar a coluna a adoptar uma melhor posição. Este método tem resultados mais duradouros. O cérebro e os nervos Quando esticamos ligeiramente os músculos, os receptores que se encontram ao longo das fibras musculares, dentro dos músculos, começam a enviar informação sensorial através das fibras nervosas para a medula espinal. Temos aproximadamente 7 a 30 destes receptores por grama de tecido muscular, que enviam milhares de informações por segundo ao cérebro, dando conta do estado de cada músculo. Ora durante o tratamento, mantém-se o esticar durante vários segundos antes de iniciar o movimento em si. Dessa forma, tanto durante como depois do movimento, é enviada mais informação sensorial através das fibras nervosas até as várias partes do cérebro. No caso dos tendões, por serem mais sensíveis mas ao mesmo tempo mais resistentes, é necessário usar uma pressão mais lenta e mais forte. O cérebro interpreta a informação recebida e passa-a de frente para trás, formando um mecanismo de auto-correcção complexo. Quando estamos acordados e em movimento, há quantidades enormes de informação a ser tratada entre o cérebro, os músculos, os tendões, as ligamentos, a pele e as fascia . Quando estamos deitados, passa pouca informação neste sistema de auto-correcção. Para um tratamento eficaz, é importante que haja pouca interferência da parte consciente do cérebro ou mesmo dos músculos pois só assim é que o nosso organismo se pode reorientar à vontade. Os movimentos do tratamento de Bowen são feitos em pontos-chave do nosso corpo que o nosso cérebro utiliza como pontos de referência naturais para determinar a postura do corpo. Estes têm, por isso, uma influência significativa na maneira como o corpo se coloca. Explicações alternativas Há, sem dúvida, semelhanças entre os pontos-chave aos quais a Terapia de Bowen dá atenção e os 'trigger points' e meridianos da acupunctura. Contudo, a Terapia de Bowen não passa por aliviar a dor e outras perturbações através da introdução e mobilizações de agulhas em pontos específicos do corpo humano. Na Terapia de Bowen alguns movimentos localizam-se em pontos coincidentes com linhas e meridianos de Acumpuntura mas o movimento de Bowen é feito com os dedos do terapeuta onde este apenas cruza a estrutura. Em estudos recentes, muitos terapeutas têm mencionado uma resposta através das mãos, como que um impulso eléctrico, enquanto trabalham. O próprio Tom Bowen afirmava conseguir 'ler' a informação sobre a condição do corpo do paciente através da maneira como o corpo deste respondia. Estes impulsos são, de facto, passíveis de 'gravação' com métodos científicos e ficou demonstrado que o 'esticar' das fascia gere uma corrente eléctrica pequena. Também foi demonstrado que essas correntes têm efeitos de cura bastante significativas no corpo. Foi efectuada, nos últimos anos, uma pesquisa enorme nos complexos sistemas de comunicação originados pela relação entre os tecidos e fluidos corporais. Já foi documentada uma alteração, ao nível celular, na composição do sangue após um tratamento de Bowen.

Bowen como tratamento holístico

O Bowen tem um efeito a nível celular que encoraja o organismo a aumentar os seus recursos de forma a curar-se a si próprio. Sendo o corpo uma unidade altamente complexa e dependendo o seu equilíbrio de uma harmonia entre todos os seus componentes, basta um simples movimento Bowen para que existam rapidamente efeitos ao nível de todo o sistema, produzindo, assim, o máximo de resultados com a mínima intervenção. Enquanto a medicina convencional tenta tratar apenas o sintoma, a Terapia de Bowen defende uma abordagem verdadeiramente holística ao tentar encontrar a causa do problema e intervindo também a esse nível. Porque o corpo humano é tão extraordinário, a auto-cura pode, com frequência, ser alcançada com o mínimo de influência externa. O terapeuta é um mero catalizador que procura dar o estímulo certo. Ao contrário de outras terapias, o Bowen não impõe uma abordagem pré-determinada. Cada tratamento é aplicado de acordo com as necessidades e condições específicas, os aspectos físicos, químicos, emocionais e mentais do paciente.

Testemunho

Descobri esta terapia, devido a uma doença que me foi diagnosticada há 4 anos, a Espondilite Anquilosante (EA). Esta é uma doença reumática inflamatória crónica, dolorosa e progressiva, que atinge as articulações da coluna vertebral e, em especial as articulações sacro-ilíacas e da região lombar. Provoca muitas dores nas articulações e, lentamente, tira a mobilidade e enfraquece os ossos, tornando o doente mais fragilizado a fracturas ósseas e outras doenças como osteosporose. A causa da doença ainda não está bem determinada, mas está bem identificado um factor genético; A maioria das pessoas que sofre de EA possui um gene chamado HLA-B27.Uma pessoa conhecida falou-me da Terapia de Bowen mas, como sempre fui muito céptica em relação todo o tipo de terapias alternativas, não me deixei convencer facilmente. Estava convencida que ter uma doença crónica era algo que simplesmente devia aceitar e que nada me podia ajudar além da medicina tradicional que, de facto, não estava a fazer muito por mim.Sabendo que nada tinha a perder, resolvi fazer algumas sessões de tratamentos de Bowen.Após a primeira sessão fiquei mais uma vez bastante céptica, já que o terapeuta me tinha apenas aplicado alguns movimentos tão suaves que eu pensei que seria impossível eles terem algum efeito no meu organismo.Após 3 tratamentos, as minhas dores começaram a diminuir e a minha mobilidade começou a melhorar de dia para dia. Ao fim de 15 tratamentos as minhas dores tinham completamente desaparecido. Eu estava incrédula e rendida às evidências. Dois anos mais tarde continuo a fazer um tratamento por mês em forma de manutenção e a ser seguida pela minha reumatologista que me receita análises de sangue de 4 em 4 meses. Os valores saem sempre normais, como se não tivesse a doença activa. Graças a esta terapia, hoje consigo fazer uma vida completamente normal, sem medicação (outra das consequências desagradáveis desta doença são os variados problemas que surgem a longo prazo devido à exagerada toma de medicação, única forma de combater a inflamação nos ossos, aliviando as dores). Fiquei sem dores e com a mobilidade normal de uma pessoa da minha idade.Fiquei de tal maneira fascinada com esta terapia que resolvi tornar-me terapeuta de Bowen. Sou graduada e certificada pela The Bowen Association of UK. Realizei um curso de Anatomia e Fisiologia Humana e outro de Primeiros Socorros. Estou protegida por um seguro de trabalho e realizo todos os anos dois dias de formação na qual a Associação se certifica que continuo a praticar a Tecnica de Bowen correctamente na sua forma original. Hoje em dia, tenho uma perspectiva muito clara relativamente à forma como a Terapia de Bowen funciona. Eu conheço o seu efeito lógico no organismo. E vejo que faz todo o sentido. Mesmo assim esta técnica continua a fascinar-me na forma como afecta cada individuo de forma diferente e única. É extremamente gratificante ouvir dos meus pacientes ao fim de 3 tratamentos 'a dor desapareceu completamente'. Entendo perfeitamente a sua alegria, até porque eu também já a senti…Sou a primeira terapeuta de Bowen portuguesa. E é algo de que me orgulho muito.

FAQS

Esta terapia é segura?
A Técnica Bowen utiliza movimentos tão suaves que quase não é usada pressão nos movimentos e é considerada uma das terapias existentes mais seguras . De facto, é tão não-invasiva e suave que é comum os pacientes adormecerem durante uma sessão. Por ser tão suave, esta terapia é ideal para pessoas de todas as idades – desde recém-nascidos até pessoas muito idosas – em qualquer situação. Há apenas um pequeno número de casos onde se deve ter especial atenção, estes são:
*Na gravidez;
*Pessoas que tenham próteses (como implantes de silicone nos seios);
*Após uma cirurgia nos maxilares e articulações temporo-maxilar.

Que resultados devo esperar de uma sessão da Terapia de Bowen?
A maioria das pessoas reportam um alívio dos sintomas logo após a primeira sessão, mas os resultados podem variar segundo o problema de cada paciente. As mudanças realizadas no seu organismo têm normalmente um efeito duradouro. E acontece, por vezes, muitas pessoas reportam alívio de outros sintomas diferentes daqueles que os levaram à consulta (efeito holístico). O tratamento propícia uma corrente de mudanças benéficas e uma sensação de bem estar geral. Como em qualquer tratamento de desintoxicação, são comuns os efeitos secundários de rigidez muscular e uma leve sensação de corpo dorido, bem como ligeiras dores de cabeça logo que o cérebro começa o processo de reparação.

Qual o intervalo recomendado entre sessões?
As sessões duram entre 30 a 45 minutos. Idealmente, cada sessão é espaçada de 7 dias, (não menos de 5 nem mais de 10 dias de intervalo). Embora os pacientes reportem melhorias após os primeiros tratamentos, o terapeuta recomendará mais algumas sessões para solidificar o trabalho. Alguns problemas crónicos podem requerer sessões a longo prazo.

Como é que eu sei se um terapeuta é qualificado?
Os terapeutas são graduados e registados pela The Bowen Association of UK e são autorizados a utilizar as letras BTA ou BTAA após o nome. Os cursos de terapeuta consistem numa série de exames escritos e práticos assim como a realização de casos práticos reais. Os terapeutas são obrigados a realizar um curso de Anatomia e Fisiologia Humana e outro de Primeiros Socorros. Estão protegidos por um seguro de trabalho e são obrigados a realizar todos os anos dois dias de formação na qual a Associação se certifica que os terapeutas continuam a praticar a Tecnica de Bowen correctamente na sua forma original. Os terapeutas aderem ainda a um exigente código de conduta.

Palavra de Condão
Admin

Feminino
Número de Mensagens : 652
Idade : 36
Data de inscrição : 19/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terapia de Bowen

Mensagem por terezita em Ter Nov 22, 2011 2:25 am

Palavra de Condão escreveu:O que é?

Recentemente incluída na lista de terapias manuais, o Bowen é uma das técnicas mais delicadas dentro das que foram catalogadas até hoje.Consistindo num tratamento de superfície, mas com efeitos muito profundos ao nível do sistema nervoso simpático, o Bowen produz uma sensação profunda de relaxamento e bem estar, promovendo um rápido e duradouro alívio da dor.Seguindo uma série determinada de manipulações muito simples e muito precisas, o terapeuta Bowen efectua movimentos muito suaves, sobre locais específicos - músculos, tendões, fascia ou ligamentos - que levam ao reequilíbrio do organismo e, consequentemente, ao processo de auto-cura. O terapeuta é sensível à tensão presente no tecido. Ou seja, não se realizam ajustamentos estruturais ou mecânicos, nem manipulações forçosas. O terapeuta consegue discernir stress acumulado nos músculos e tendões, permitindo dessa forma executar movimentos Bowen específicos que conduzem à recuperação. É uma técnica indolor e não invasiva.Os resultados podem ser notáveis logo após o primeiro tratamento. Muitas vezes são necessárias apenas algumas sessões para curar o problema apresentado.Esta é uma das razões por que a técnica de Bowen é tão popular.

O que não é?

Muitas vezes é mais fácil de explicar a Terapia de Bowen dizendo claramente o que ela não é:
A Terapia de Bowen não é uma técnica de diagnóstico, pois estas pretendem detectar/despistar doenças ou outras disfunções psicossomáticas. A técnica de Bowen pode ser, no entanto, utilizada como uma das técnicas complementares ao diagnóstico, funcionando como um catalizador para o bem estar geral do paciente.
A Terapia de Bowen não é uma massagem. A massagem é uma manipulação do doente que consiste no estímulo agradável da pele, através de fricção, percussão, vibração, pressão entre outros componentes. Na Terapia de Bowen os movimentos são feitos à superfície da pele, de forma muito delicada, em zonas específicas, nervos, tendões, fascia e a pressão utilizada é muito, muito suave. Uma das recomendações feitas aos pacientes após um tratamento de Bowen é nunca massajar, ou friccionar as áreas tocadas pelo terapeuta.
A Terapia de Bowen não é Acupunctura. A Acupunctura é uma técnica de origem chinesa de alívio da dor e de outras perturbações que consiste na introdução e mobilizações de agulhas em pontos específicos do corpo humano. Na Terapia de Bowen alguns movimentos localizam-se em pontos coincidentes com linhas e meridianos de Acupunctura mas o movimento de Bowen é feito com os dedos do terapeuta onde este apenas cruza a estrutura.
A Terapia de Bowen não é Quiroprática. A Quiroprática consiste em manipulações forçosas do aparelho músculo-esquelético, promovendo o rápido alívio da dor.
Na Terapia de Bowen não se realizam manipulações forçosas. No entanto, maioria dos terapeutas, e mesmo alguns doentes, notam algum movimento vertebral durante os tratamentos. Este facto deve-se ao realinhamento do próprio corpo, sintoma de que o tratamento está a fazer efeito.
A Terapia de Bowen não é uma terapia baseada em energias, que podem até ser intrusivas, uma vez que o terapeuta pode focar-se demasiado em atingir os resultados desejados, podendo estes coincidir, ou não, com as necessidades do doente. Na Terapia de Bowen, o terapeuta é treinado apenas para se focar em fazer o movimento específico consoante o problema do doente.
A Terapia de Bowen não é Fisioterapia. A fisioterapia consiste no tratamento de danos, defeitos físicos e de dor, através do exercício, calor, massagens, electroterapia e outras técnicas físicas. Na Terapia de Bowen, os movimentos vão provocar uma resposta a nível celular e consequentemente a nível físico. Este facto pode explicar por que nem todos os pacientes sentem os efeitos do tratamento imediatamente após o tratamento. Cada individuo responde a seu tempo dependendo apenas do tempo de resposta do seu próprio organismo, podendo este variar entre 1 a 6 tratamentos.
A Terapia de Bowen não é uma massagem Linfática. A massagem linfática é uma técnica que estimula, mecanicamente, o fluxo de linfa com pressão na superfície da pele, seguindo o curso do sistema linfático. Na técnica de Bowen alguns movimentos estimulam o sistema linfático e, consequentemente, o sistema imunitário, apenas com o toque dos dedos do terapeuta em específicos locais no corpo do paciente.

O tratamento

Inicialmente é efectuado um pequeno questionário acerca da história clínica do doente e da razão da sua visita. Esta conversa entre o terapeuta e o paciente serve para o terapeuta avaliar a quantidade de movimentos que o organismo do paciente poderá assimilar positivamente, se há algumas contra-indicações e quais os procedimentos a aplicar.Um Tratamento Bowen consiste numa série de movimentos muito suaves sobre locais específicos – músculos, tendões, fascia ou ligamentos. O paciente normalmente está deitado numa marquesa e, em situações muito específicas, pode estar sentado ou mesmo de pé. Uma sessão de tratamento dura entre 30 e 45 minutos e pode ser aplicado directamente na pele ou através de roupa leve.Os movimentos são normalmente aplicados em sequências precisas (em grupos de 2 a 8 movimentos) e entre cada sequência de movimentos existem pausas de cerca de dois minutos em que o terapeuta deixa o paciente relaxar.Estas pausas permitem ao organismo receber a informação, enviá-la ao sistema nervoso e iniciar o processo de cura. Geralmente, numa primeira sessão serão trabalhadas as zonas das costas, parte posterior da perna, ombros, pescoço, e joelhos. Movimentos adicionais poderão ser acrescentados nas áreas onde os sintomas estão localizados. Nas sessões seguintes serão acrescentados procedimentos diferentes. Muitas vezes os pacientes ficam perplexos com os poucos movimentos realmente necessários durante o tratamento e podem sair da primeira sessão com a sensação de ter poucas ou nenhumas melhoras. Não se preocupe, pois as reacções a esta terapia podem mascarar a sua aparência calma e evasiva. Idealmente cada sessão é espaçada de 7 dias, (não menos de 5 nem mais de 10 dias de intervalo). Normalmente são precisos entre dois a seis tratamentos para resolver o problema apresentado. Mesmo problemas muito antigos podem responder muito depressa aos tratamentos. Esta terapia não interfere com os cuidados médicos tradicionais. De facto, o input da técnica dirigido ao sistema nervoso é muito subtil e o corpo responde a seu tempo. Cada pessoa reage de maneira diferente a ritmos e níveis diferentes – cada individuo reagirá consoante o seu caso particular. O tratamento propícia uma corrente de mudanças benéficas e uma sensação de bem estar geral. Como em qualquer tratamento de desintoxicação, logo que o cérebro começa o processo de reparação são comuns os efeitos secundários de rigidez muscular e uma leve sensação de corpo dorido, bem como ligeiras dores de cabeça. É importante notar que é a reacção do organismo ao tratamento de Bowen, e não a técnica em si, que levam à cura. É recomendado aos pacientes que não utilizem outras terapias em simultâneo com a Terapia de Bowen, uma semana antes do primeiro tratamento e uma depois do fim do último. É totalmente desaconselhada a mistura de terapias uma vez que, embora a Terapia de Bowen não interfira com outras terapias, podem ser estas a interromper ou atrasar o processo de cura anulando a eficácia dos movimentos de Bowen. Uma vez terminada a sessão, o paciente recebe recomendações que, basicamente, o alertam para o facto de que se irá processar uma reorganização do organismo durante alguns dias. Nestes dias, é aconselhável não fazer demasiado esforços. É também aconselhado a andar diariamente 20 minutos e beber água em quantidade suficiente para limpar o sistema linfático e ajudar os músculos a obter o seu equilíbrio rapidamente. Os 3 A'sAndar Até há muito pouco tempo pensava-se que carregar pesos era a maior causa das dores nas costas, mas estudos efectuados recentemente indicam que estar sentado causa mais problemas. Estar sentado coloca muita pressão na zona lombar. Quanto mais tempo estamos sentados mais dores vamos ter, isto porque cerca de 40% do nosso peso é suportado pela zona lombar quando estamos sentados. O nosso corpo, e em particular a nossa coluna lombar, não foi desenhada para estar sentada numa cadeira por longos períodos de tempo. Andar é, na realidade, o melhor medicamento natural para as dores nas costas e muitos outros problemas físicos. Pode acelerar o processo de recuperação assim como muitos outros benefícios. Logo após uma sessão da Terapia de Bowen é aconselhável dar um passeio de 15 a 20 minutos para ajudar o seu corpo a vêr-se livre da dor. Água 50 % das pessoas estão cronicamente desidratadas. Estudos efectuados recentemente indicam que a maioria das dores são devido a desidratação crónica do organismo. Beber pelo menos 8 copos de água por dia ajuda:
*Hidratar o organismo;
*Perder e manter peso, já que ajuda a dissolver as gorduras ingeridas e favorece o bom funcionamento dos intestinos;
*Transporta nutrientes, vitaminas, minerais e entre outros elementos às células;
*Através da transpiração e sudação controla a temperatura;
*Elimina as toxinas através dos rins e da urina;
*Alivia a dor em todo o corpo;
*Lubrifica as articulações;
*Mantém o equilíbrio do nosso corpo.

Aguardar Após uma sessão da Terapia de Bowen, o paciente deve aguardar uma semana antes de receber a sessão seguinte desta terapia ou de qualquer outra modalidade (massagem, quiroprática, etc) para não interromper o processo de cura. Os movimentos de Bowen enviam sinais eléctricos aos seus músculos, sistema nervoso e cérebro, ajudando o organismo a restaurar o equilíbrio. Os efeitos de um tratamento vão, na realidade, continuar o seu trabalho durante o resto da semana e, possivelmente, durar até mais tempo. O paciente deve confiar na técnica de Bowen e saber aguardar que o seu organismo comece a reagir ao tratamento. Lembre-se: prevenir é melhor que remediar. Assim que mostrar sinais de melhoria, continuaremos a trabalhar consigo para manter a harmonia e o equilíbrio atingido. Um tratamento regular, dependendo da sua agenda, ajudará a prevenir a acumulação de stress futuro.

Para quem?

O tratamento de Bowen programa o corpo para se tratar a si próprio. O nosso organismo tem essa natural capacidade e o Bowen potencia exactamente essa função para estimular o organismo a dar prioridade de tratamento aos pontos em questão.É útil para todas as idades, desde recém-nascidos, grávidas, crianças, jovens, adultos e idosos. É também uma técnica eficaz em casos de lesões desportivas, uma vez que acelera o tempo de recuperação, independentemente se foi uma lesão recente ou não. Naturalmente, em caso de lesão, a consulta deverá ser feita logo após a mesma, de forma a que o corpo a possa tratar em vez de começar a compensá-la. A compensação causa, muitas vezes, mais problemas a longo prazo do que o traumatismo inicial em si.Mas também muitas pessoas que gozam de boa saúde fazem tratamentos de manutenção para manter um óptimo equilíbrio do seu organismo. A técnica de Bowen provoca um impacto positivo na sua saúde, promovendo maior energia e uma sensação fantástica de bem-estar. Alguns problemas em que a Terapia de Bowen o pode ajudar:

*Aceleração do tempo de restabelecimento logo após uma doença, cirurgia ou lesão, independentemente desta ter acontecido recentemente ou não.
*Melhora a circulação, movimento articular, postura, drenagem linfática, assimilação de nutrientes, eliminação de toxinas.
*Dores musculo-esqueléticas de forma aguda ou crónica, pós-traumáticas ou pos-cirúrgicas, ou de origem articular (perda de mobilidade ou espasmos musculares)
*Lesões desportivas (joelho, tornozelo, cotovelo, pulso, distensões musculares, luxações, entorces, etc.)
*Problemas de pescoço: torcicolos, consequências de um acidente ou má postura, restrição de mobilidade do pescoço (é de mencionar que não se realiza nenhuma mobilização do tipo quiroprático, e que em nenhum caso se move a cabeça do paciente)
*Problemas da bacia: dores na bacia, tensão em certos músculos da região pélvica e sacro)
*Problemas de costas: dores nos ombros e membros superiores, entumecimento dos braços, das mãos, restrição da mobilidade dos membros superiores, lesões ocasionadas por movimentos repetitivos
*Recém-nascidos: cólicas, problemas em dormir ou problemas de alimentação
*Crianças: enurese nocturna (xixi na cama)
*Dor no cóccix provocada por uma queda ou mesmo pelo parto
*Dores de cabeça originadas pelo stress e tensões, por má postura ou de origem digestiva
*Dores ou tensão nos maxilares
*Problemas de ouvidos
*Ciática
*Restabelecimento do sindroma de cansaço crónico e de fibro-mialgia
*Dores menstruais: ciclo irregular, sindroma pré-menstrual
*Irregularidades hormonais, menopausa, tiróide
*Problemas digestivos: prisão de ventre, diarreias, inflamação abdominal
*Problemas respiratórios: asma, alergias, bronquites
*Problemas do sistema urinário: retenção de líquidos, incontinência, infecções urinárias
*Problemas relacionados com os pés: dedos de martelo, joanetes, etc
*Má circulação
*Hérnias discais
*Depressões, ansiedade, stress
*Problemas de infertilidade
*Desconforto na gravidez (o peso adicional e o stress provocado pela própria gravidez podem causar mudanças posturais e consequentemente dores no corpo).
*Problemas de fígado
*Sensação de mal-estar geral

terezita

Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 19/11/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terapia de Bowen

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum